Dor cortante: sofrimento emocional de meninas adolescentes

Guilherme Wykrota Tostes, Natália Del Ponte de Assis, Elisa Corbett, Tânia Maria José Aiello Vaisberg

Resumo


Esta pesquisa objetiva investigar a experiência vivida por meninas adolescentes que se autolesionam, sintoma de sofrimento emocional que vem ganhando maior visibilidade social e motivando preocupação entre profissionais de saúde mental. O trabalho articula-se como pesquisa qualitativa mediante uso do método psicanalítico, pelo estudo de postagens em blogs assinados por oito meninas adolescentes que se identificam como praticantes de atos autolesivos. Leituras e releituras do material, em estado de atenção flutuante, permitiram a produção interpretativa de dois campos de sentido afetivo-emocional: “Desprovidas de afeto” e “Crime e castigo”. O quadro geral indica que essas pessoas habitam, imaginariamente, um mundo hostil, marcado pela experiência de culpa persecutória pela privação de afeto, cuidado e consideração, apontando que exigências fundamentais na constituição da pessoalidade não estão sendo satisfatoriamente contempladas.

Palavras-chave: autolesão, sofrimento, adolescência.


Texto completo: PDF



ISSN: 1983-3482 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [Atualizado em 26/09/2016].

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues