Relações entre gestão de dinheiro, ajuste díadico e conflito conjugal

Claudia Mara Bosetto Cenci, Clarissa Pinto Pizarro Freitas, Luísa Fernanda Habigzang

Resumo


O exercício da conjugalidade é complexo e exige um investimento afetivo e financeiro dos cônjuges. Este artigo resulta de uma pesquisa empírica com delineamento quantitativo. Investigou-se as relações existentes entre os significados do dinheiro, manejo do dinheiro, ajustamento diádico e conflito conjugal em uma amostra brasileira com 246 indivíduos casados. O significado positivo atribuído ao dinheiro relacionou-se com a forma positiva de manejo compartilhado do mesmo, um maior ajustamento diádico e menores índices de conflito entre os casais. Os casais que adotaram as práticas de manejo compartilhado apresentaram índices mais altos de ajustamento diádico e menores índices de conflito. Por outro lado, os índices de ajustamento diádico e de conflitos entre casais foram similares entre aqueles que utilizaram o gerenciamento total dos gastos e a gestão independente do dinheiro. O manejo compartilhado pode ser classificado como uma forma positiva de os casais gerenciarem suas finanças.

Palavras-chave: significado e manejo do dinheiro, ajustamento diádico, conflito conjugal.


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 1983-3482 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [Atualizado em 26/09/2016].

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues