As dimensões da comunicação na obra freudiana

Cidiane Vaz Melo, Andrea Seixas Magalhães, Terezinha Féres Carneiro, Rebeca Nonato Machado

Resumo


A noção de comunicação na teoria psicanalítica apresenta-se ampla, abrangente e de difícil delimitação, tornando pertinentes reflexões e aprofundamentos acerca dessa temática. A comunicação traz em seu escopo a questão da intersubjetividade, uma vez que se origina, se mantém e se desenvolve no vínculo com o outro. Neste trabalho, tem-se por objetivo discutir as ideias de Freud relacionadas com a comunicação, buscando explorar as construções tecidas por ele sobre esse tema, desde um ponto de vista eminentemente intrassubjetivo até considerações que apontam para os primórdios de uma teoria da intersubjetividade. Para tanto, foram destacados artigos da obra de Freud nos quais a temática da comunicação foi abordada. Da investigação teórica dos textos freudianos, emergiram categorias de análise dentre as quais, para a apresentação neste trabalho, foram selecionadas as seguintes: a comunicação como apelo ao outro; a comunicação entre instâncias; a comunicação no tratamento e a comunicação como trabalho psíquico intersubjetivo.

Palavras-chave: comunicação, intersubjetividade, psicanálise.


Texto completo: PDF



ISSN: 1983-3482 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [Atualizado em 26/09/2016].

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues