Caracterização da população atendida em ambulatório de Psicologia da Saúde de um hospital-escola

Luan Flávia Barufi Fernandes, Edwiges Ferreira de Mattos Silvares, Maria Cristina de Oliveira Santos Miyazaki

Resumo


O objetivo do presente estudo é caracterizar a população atendida no ambulatório de um Serviço de Psicologia de um hospital-escola, durante um ano de atividades institucionais. Este ambulatório apresenta características de funcionamento similares às de um serviço de atendimento clínico em psicologia. Para caracterizar esta clientela, foi realizada análise dos prontuários dos pacientes atendidos pelo serviço. A amostra foi composta por 843 usuários. Os resultados indicaram a prevalência dos seguintes perfis: 73 crianças e adolescentes, do sexo feminino (59,2%), 11 anos (em média), 69,4% com ensino fundamental, que foram avaliados psicologicamente e com queixa de ansiedade/depressão; 770 adultos, com 37,2 anos (em média); do sexo feminino (60,5%), casado (59,6%), com ensino fundamental incompleto, avaliados psicologicamente para realizar procedimentos médicos contraceptivos. Os dados obtidos foram discutidos com a equipe de psicólogos do serviço e foram sugeridas algumas orientações para aprimorar o atendimento à clientela.

Palavras-chave: psicologia da saúde, formação do psicólogo, demografia.


Texto completo: PDF



ISSN: 1983-3482 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [Atualizado em 26/09/2016].

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122
Projeto gráfico: Jully Rodrigues