“Defendendo” a sociedade: um estudo sobre as trajetórias de oito juízes

Ricardo Visser, Gustavo Siqueira

Resumo


Este estudo objetiva analisar a trajetória social de oito magistrados de 1ª e 2ª instância. Para tanto, concentra-se em três dimensões: a) na origem social através do contexto familiar; b) nos estudos preparatórios para o concurso e expectativas profissionais; c) na apreensão de suas percepções sobre políticas públicas e a política nacional. A partir da análise de dados quantitativos e de nossa pesquisa, constatou-se que há uma continuidade entre os dois âmbitos, apontando para o recrutamento nas classes médias e médias altas. Ao tomá-los como observadores da política nacional e das políticas públicas, nosso intento não é reconstruir a “mentalidade” política dos juízes, mas apontar tendências discursivas, de modo a indicar um padrão de comportamento e uma forma recorrente de pensamento. Por fim, no tocante à questão social, defende-se que os magistrados entrevistados são orientados por um senso comum letrado, raramente capaz de auto-observação.


Palavras-chave: sociologia do direito; juízes; desigualdade social; classes sociais.


Texto completo:

PDF




 

eISSN: 2177-6229 | Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar