O PROERD funciona? Notas a partir de estudo quase-experimental

Marcos Rolim, Daiana Hermann, Camila Louis Oliveira

Resumo


O objetivo do artigo é o de discutir a eficiência do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), implementado em todos os estados brasileiros pelas Polícias Militares. A metodologia da pesquisa é a de um estudo quase-experimental, de autorrelato, que contou com a seleção de dois grupos de estudantes de uma escola municipal de Porto Alegre: um grupo de intervenção com estudantes que haviam participado do PROERD em 2015 e 2016 e um grupo de controle com estudantes da mesma faixa etária que não o haviam frequentado. Encontramos que a participação no PROERD não está associada à menores taxas de consumo de drogas, nem está associada à um melhor desempenho escolar dos estudantes. O estudo mostrou, entretanto, que outras variáveis independentes, como não residir com os pais, não manter com eles um bom relacionamento, ter sofrido violência física, ter sido humilhado ou ameaçado no ambiente escolar e residir com familiar que consome bebidas alcoólicas, estão associadas significativamente com o consumo de drogas e o mau desempenho escolar, o que sugere que possam ser fatores preditivos para esses fenômenos. Estudos empíricos que medem resultados na área da segurança pública seguem sendo raros no Brasil, circunstância que agrega valor a esse trabalho. As evidências encontradas pelo estudo, no mais, podem ser importantes para a definição de políticas públicas na área. A natureza da pesquisa impede qualquer generalização dos resultados, mas reforça a necessidade de uma avaliação nacional do PROERD.


Palavras-chave: PROERD, avaliação, prevenção às drogas.


Texto completo:

PDF




 

eISSN: 2177-6229 | Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues
 
 
 
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar