Elites científicas junto às políticas locais de C&T: o caso da Secretaria Municipal de São Carlos-SP

Thales Haddad Novaes de Andrade, Karina de Camargo

Resumo


Este artigo trata da presença das elites científicas e tecnológicas na implementação de políticas locais de Ciência e Tecnologia (C&T) no Brasil. Nas últimas décadas houve um crescimento acentuado de municípios formulando políticas próprias na área de ciência e tecnologia de modo a articular conhecimento científico e programas locais de desenvolvimento. A questão que o presente artigo se propõe a discutir é a presença das elites científicas locais na definição das políticas de C&T no âmbito municipal e como elas se articulam com os gestores públicos. Foi realizado um estudo de caso no município de São Carlos (SP), dado a existência de um polo de alta tecnologia articulado com instituições de pesquisa e de ensino superior. No final dos anos 90 foi criada no município uma Secretaria Municipal na área, que foi utilizada como base de análise. Verificou-se que essas elites científicas atuam de maneira consistente em seus domínios acadêmicos, porém são subalternas no processo de institucionalização da área de C&T no plano local.

Palavras-chave: Elites Científicas; Secretaria Municipal; Campo científico; São Carlos; Política de C&T.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo