Da contra-hegemonia política às políticas contra-hegemônicas: as ações afirmativas para negros na sociedade brasileira

Marcelo Martins Silva, Ramatis Jacino, Sidney Jard Silva

Resumo


A presença de negros em espaços valorizados na sociedade brasileira é caracterizada por sua sub-representação. Esse aspecto foi historicamente hegemônico nos projetos de nação gestados no país. Apesar disso, a população negra produziu instituições e ações contra-hegemônicas em momentos e em épocas diferentes. Argumentamos que as ações afirmativas para negros no Brasil aparecem como uma dessas perspectivas contra-hegemônicas no recente cenário político brasileiro. Esse artigo pretende discutir como se estabeleceu a hegemonia racial no país; a resistência da coletividade negra e o papel das ações afirmativas para população negra no escopo de uma contra-hegemonia racial. Por meio de uma discussão teórica e dados secundários, concluímos que as ações afirmativas para negros no Brasil se configuram como uma das estratégias mais relevantes na atualidade para romper com os padrões hegemônicos das relações raciais brasileiras.

Palavras-chave: Hegemonia Racial; Contra-hegemonia; Ações Afirmativas.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues



Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar