O ensino de Ciências Sociais na Faculdade Catarinense de Filosofia

Amurabi Oliveira

Resumo


A história das ciências sociais brasileiras tem sido continuamente revisitada, normalmente tomando-se como marco inaugural a criação dos cursos de graduação em ciências sociais. Reconhecendo-se que estas tiveram diferentes temporalidades nas diversas regiões do país, e que seu processo de institucionalização ocorreu, por vezes, por meio de cátedras em outros cursos de graduação, busca-se, neste trabalho, trazer uma contribuição original para a discussão para esta área. O artigo foca-se na análise das primeiras cátedras de ciências sociais (antropologia cultural e sociologia) criadas na Faculdade Catarinense de Filosofia, instituição fundada na década de 1950 em Florianópolis, por meio dos “relatórios de ensino” produzidos pelos primeiros professores dessas disciplinas. Ressalta-se o caráter de formação de elites culturais que a instituição possuía e a afinidade das discussões desenvolvidas nesse espaço com o debate intelectual da época.

Palavras-chave: história das ciências sociais, ensino de ciências sociais, elites culturais, ensino superior.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo