Turnês de Guerrilha: as estratégias de empreendedorismo musical nos circuitos do rock no exterior

Luiza Bittencourt

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar as estratégias aplicadas por bandas brasileiras de rock na realização de turnês no exterior, sob a ótica da noção de empreendedorismo (Schumpeter, 1982; Timmons, 1985; Dornelas, 2007), a fim de compreender como ocorre a formação de plateia internacional. Nesse contexto, busca-se discutir o conceito de “músico independente” e apresentar a noção de “músico empreendedor”. A metodologia aplicada envolveu revisão bibliográfica, realização de entrevista com o vocalista da banda Autoramas, bem como monitoramento das redes sociais e das mídias que envolvem as turnês desse grupo.

Palavras-chave: empreendedorismo, música, rock.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues