O aprendizado da diversidade cultural e a patrimonialização da biodiversidade

José Rogério Lopes, Paolo Totaro

Resumo


O artigo discute os pressupostos fenomenológicos que embasam uma abordagem relacional entre as concepções de biodiversidade e de diversidade cultural, no horizonte de experiências comunitárias de produção de bens identitários operantes em processos de pré-patrimonialização cultural. O escopo dessa discussão considera alguns casos investigados em várias regiões do Brasil, de forma a reconhecer as percepções de alteridade constitutivas das experiências reveladas pela via ecológica, assim como seus agenciamentos situacionais e discursivos. A exposição de tais agenciamentos considera, por sua vez, que os mesmos são condicionados ou mediados por dispositivos e canais mercantis ou institucionais das políticas culturais e ambientais, como arranjos emergentes de biodiversidade.

Palavras-chave: biodiversidade, agenciamentos comunitários, políticas culturais e ambientais, patrimônio cultural.


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo