Lutas diuturnas: políticas públicas, patrimônio e o reconhecimento do clube social negro 24 de Agosto na cidade de Jaguarão (RS)

Alexandre Peres de Lima

Resumo


A proposta é discutir o patrimônio como resultado da articulação complexa e situada das lutas do clube social negro 24 de Agosto, localizado na cidade de Jaguarão, na fronteira do Brasil com o Uruguai, e os desdobramentos que levaram este clube à condição de patrimônio histórico e cultural do estado do Rio Grande Sul no ano de 2012. A partir de uma etnografia desenvolvida entre os anos de 2013 e 2015, articulo a seguinte trama: apresento a formação de uma esfera pública regional dos clubes sociais negros denunciando o arbítrio judicial em favor de certa polícia administrativa, o ECAD. Esta instituição é o estopim das lutas dos participantes do Clube 24 de Agosto em busca de políticas públicas para a preservação de seu espaço cultural e histórico. Nesse caminho há os enfrentamentos ao racismo institucional e a desconsideração a nível local. Ali se forma uma esfera pública de mobilização e denúncia em favor das demandas do clube por proteção. O reconhecimento do clube como patrimônio apresenta uma série de problemas e distorções que desconsideram sua autonomia. Contudo, os impactos positivos desse empoderamento tornam o clube um exemplo para pensar as “políticas da alteridade” que rompem a invisibilidade e conquistam o reconhecimento: condição que leva os sujeitos ao autorrespeito. O objetivo, a partir desta articulação, é visualizar os poderes afirmativos e de mobilização através das denúncias públicas dos participantes do clube e de seus aliados politicamente mobilizados contra uma série de dispositivos institucionais de desconsideração de suas demandas e os profundos efeitos conquistados.

Palavras-chave: patrimônio, clubes sociais negros, reconhecimento.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo