Políticas de ação afirmativa comparadas no Brasil e na Colômbia

Marcio André de Oliveira dos Santos

Resumo


O artigo discute as relações políticas entre os movimentos negros e o Estado no âmbito das políticas de ação afirmativa em dois países, Brasil e Colômbia. Ambos os países têm histórias de formação racial que apresentam diferenças e, ao mesmo tempo, semelhanças pontuais no que concerne ao conjunto de políticas de redução de desigualdades raciais. Neste sentido, os movimentos negros passaram a adotar o que chamo de políticas raciais antirracistas como instrumento de negociação e luta junto aos aparatos estatais.

Palavras-chave: ação afirmativa comparada, movimentos negros, relações político-institucionais.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues



Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar