A cultura em questões

Caleb Faria Alves

Resumo


O setor de serviços e as políticas públicas têm feito um uso cada vez mais intenso do conceito de cultura. Proliferam cursos de gestão, programas de governo e pesquisas que se apresentam como diretamente concernentes a esse campo. Os dois últimos procuram, no entanto, suporte nas enquetes investigativas. Este artigo abordará comparativamente o conteúdo desse termo, explícito ou não, em algumas dessas enquetes no Brasil e na América Latina. A preocupação inicial é destacar os pressupostos do consumo de bens culturais contidos nas enquetes e o quanto eles estão ligados ao próprio campo cultural. Ou seja, identificar se a cultura é tratada como campo autônomo ou como acessória a preocupações que lhe são externas. Um parâmetro importante é salientar o quanto o gosto aparece enquanto elemento de imposição distintiva e não apenas como possibilidade gerada por uma faixa de renda. Em seguida, procuramos verificar como os setores público e privado se articulam na produção e uso desses dados, mantendo o foco nas definições. Entram em pauta, também, a academia e as redefinições recentes do papel dos intelectuais.

Palavras-chave: cultura, surveys, políticas públicas.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo