Cultura, mercado e desenvolvimento: a construção da agenda contemporânea para as políticas culturais

Elder P. Maia Alves

Resumo


O processo teórico e político de aproximação envolvendo as categorias de cultura e desenvolvimento engendrou as condições de possibilidade que permitiram a elaboração das políticas econômico-culturais. Tais políticas ocupam hoje o centro da agenda contemporânea para as políticas culturais públicas. As ações e programas que mais mobilizam recursos discursivos e materiais são aquelas dirigidas à chamada economia criativa, cujo léxico conceitual e político se espraia e se consolida no âmbito das mais distintas organizações. Para compreender a especificidade desse processo, é preciso explorar o terreno teórico, político e institucional no qual as categorias de cultura e desenvolvimento nutriam uma antinomia frontal, entre os anos de 1950 e 1980. Este trabalho busca objetivar as principais condições sociológicas responsáveis pela dissolução dessa tensão, cujos efeitos práticos têm permitido a operacionalização de determinadas políticas culturais, como, por exemplo, o financiamento da incubação de empresas culturais.

Palavras-chave: cultura, desenvolvimento, economia criativa.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo