O inadmissível roubo da carta de alforria do nagô Pedro Allgayer: a escravidão em uma zona de imigração alemã (RS, séc. XIX)

Paulo Roberto Staudt Moreira, Miquéias Henrique Mugge

Resumo


Pouco ain da se sabe sobre a formação escravista presente nas regiões de imigração europeia brasileiras. Há relativamente pouco tempo, uma historiografia comprometida com as identidades municipais e familiares embasadas em ancestralidades germânicas negava a presença histórica negra nessas zonas. Tal discurso sustentava que os imigrantes alemães eram portadores de visões valorizadoras do trabalho manual e que suas unidades produtivas seriam sustentadas apenas pela mão-de-obra familiar. Manipulando fontes documentais diferenciadas e buscando suporte teórico-metodológico na micro-história italiana, aspiramos neste artigo discutir tais preceitos. Partindo de um caso banal retratado em um documento judiciário, nossa meta é tornar este estudo de caso um eficiente observatório da sociedade escravista que vigia na colônia alemã de São Leopoldo nos oitocentos.

Palavras-chave: imigração alemã, escravismo, alforrias.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo