As revistas semanais e a questão da memória e da verdade no PNDH-3

Diego Airoso da Motta

Resumo


À luz da teoria da ideologia e do referencial metodológico da hermenêutica de profundidade, propostos por John B. Thompson, o texto busca analisar como a mídia brasileira trabalha a questão da memória histórica presente no 3º Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3), a partir da forma como as revistas semanais Veja, Época, IstoÉ e CartaCapital trataram do tema. A escolha destes veículos de comunicação ocorre em função do poder de influência que detêm perante a opinião pública, seja diretamente sobre seu público leitor, seja sobre as pautas de outros segmentos midiáticos, além de exercer importante ascendência sobre as discussões realizadas no meio político. 

Palavras-chave: direitos humanos, mídia, memória, Comissão da Verdade.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues



Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar