A verdade em tempos de ditadura militar: reflexões a partir da psicanálise

Nadir Lara Junior

Resumo


O objetivo deste artigo é refletir sobre como a verdade assumida pelos militares e seus adeptos se torna uma fantasia ideológica na qual justificam suas ações e crenças. Diante disso, buscam transformar a verdade da violência e do horror das torturas em algo ameno e desprezível. Para isso usamos a psicanálise como a teoria que nos ajuda a compreender o sistema de opressão implantado durante a ditadura militar no Brasil, assim como a construção discursiva contemporânea que coloca esse regime como “ditabranda”. Essa teoria também nos possibilita pensar em como os sujeitos que participaram dessa fantasia ideológica devem ser convocados a responder sobre seus atos violentos, mesmo que insistam em não querer saber sobre eles. 

Palavras-chave: ideologia política, violência, classe social.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues



Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar