Orkut e Facebook: as teias da memória em meio às redes sociais

Marcia Elisa Rendeiro

Resumo


Consideramos no presente trabalho os fenômenos Orkut e Facebook à luz das análises de memória, nos seus aspectos narrativos e na formação de identidades contemporâneas. Investigamos as redes pela perspectiva de uma coleção de imagens, alçada à condição de fábrica de memórias. Lembramos que, do conjunto de experiências que a ação de colecionar proporciona, merecem destaque a satisfação garantida pela posse dos objetos e o valor a eles atribuído (seja como um elemento de troca ou apenas como algo para ser visto e admirado). Nesse caso, há que se ressaltar a presença de vários elementos: satisfação e prazer, exibição, poder e posse. Na dinâmica composta pelas redes sociais, com sites que permitem que você encontre e “acumule” amigos por características específicas, crie grupos de discussão e transite entre álbuns e comunidades vislumbramos a existência de um circuito que contrapõe palavra e imagem, um texto com características narrativas específicas, uma espécie de dispositivo virtual que estimula a gestação de lembranças e de representação – elos de uma mesma cadeia que serve para pontuar a escrita da memória social e a formação de novas identidades.

Palavras-chave: memória, redes sociais, identidade.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

Signatária da Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa – DORA

 

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues



Crossref Member Badge

Crossref Similarity Check logo

 

Redalyc - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal

GoogleScholar