O catador de resíduos sólidos recicláveis e a desigualdade social

Sandra Regina Medeiros Romancini, Ednilson Viana, Teresinha Maria Gonçalves

Resumo


Este artigo discute a exclusão/inclusão ou a inclusão desigual do catador de resíduos sólidos recicláveis na sociedade atual, a partir de pesquisa junto ao lixão a céu aberto em Içara/SC. Procura-se indagar também a respeito da invisibilidade do catador de resíduos recicláveis junto à sociedade, mesmo admitindo-se, a importância de seu trabalho para a limpeza urbana, bem como a legitimação que estes trabalhadores empreendem aos valores da sociedade moderna à medida que enfrentam barreiras significativas para se integrarem a sociedade pelo trabalho. A produção de resíduos sólidos urbanos em níveis nunca vistos é discutida, por ser o objeto de trabalho do catador, e também por se constituir em contradição na modernidade, já que se apresenta como problema sócio-ambiental grave que carece de soluções em curto prazo.

Palavras-chave: exclusão/inclusão, catador, resíduos sólidos, reciclagem, lixão a céu aberto.

Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6229 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. [atualizado em 25/05/2016]

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -750. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 - Banner artwork by Z Shinoda.
Projeto gráfico: Jully Rodrigues


Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo