O agir docente e suas implicações na construção do objeto de ensino: entre o prescrito e o real da atividade

Elvira Lopes Nascimento, Kleber Ferreira da Silva

Resumo


O presente artigo possui como finalidade discutir as possíveis contribuições advindas de práticas formativas no contexto da disciplina Gêneros Discursivos/Textuais e Práticas Sociais – da área de concentração Linguagens e Letramentos, no Programa de Mestrado Profissional em Letras/PROFLETRAS, contexto em que o conceito de desenvolvimento é definido como um processo resultante da interação de conflitos entre os recursos internos já disponíveis do sujeito em formação e os recursos novos que o meio cultural lhe propõe. Nessa perspectiva, o gesto profissional inscreveu-se numa dinâmica pautada em macropreocupações que foram demonstradas na análise multifocal dos diferentes aspectos pelos quais formador e formando promovem a tradicional ruptura entre os domínios da teoria e da prática, evidenciando a relação conflitiva entre o prescrito, o planejado, o realmente executado e o que foi impedido por fatores diversos. Nas várias etapas do trabalho, apreenderam-se tanto gestos profissionais que demonstraram nuances de uma abordagem clássica/tradicional na construção do objeto de ensino, como também, em resposta aos apelos sociais pela inovação das práticas, gestos que representam uma tentativa de chegar às práticas discursivas como objeto de conhecimento em sala de aula.

Palavras-chave: agir docente; construção do objeto de ensino; desenvolvimento; gestos profissionais.



Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo