A Formação no Seminário do Programa de Português para Estrangeiros da Universidade Federal do Rio Grande do Sul: uma modalidade híbrida de aprendizagem do professor-autor

Everton Vargas da Costa

Resumo


Este trabalho analisa a participação no seminário de formação de professores no Programa de Português para Estrangeiros (PPE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a partir da observação de eventos de formação (Costa, 2018). Partindo de uma visão de formação de professores como aprendizagem e reflexão conjunta (Nóvoa, 1995), assume-se que os professores produzem experiências significativas e agem como profissionais reflexivos (Schön, 2000; Perrenoud, 2002), desenvolvendo sua formação com conhecimentos de ordem teórica e prática e participando em comunidades de prática, onde conhecimento e identidades são construídos conjuntamente entre pares (Wenger, 1998). A análise qualitativa dos dados permite afirmar que o seminário do PPE é um espaço tipicamente híbrido de formação docente (Zeichner, 2010), no qual a participação em eventos de formação indica que trabalhar está a serviço do ensino e da aprendizagem dos alunos, mas também a serviço da aprendizagem dos professores. Além disso, identifica-se que a participação nos seminários é em grande medida uma oportunidade de construção da autoria do professor. Nessa modalidade, os professores são constantemente convidados a responder pelas atividades em que se engajam e assumem a responsabilidade pela singularidade que produzem (Garcez e Schlatter, 2017).

Palavras-chave: aprendizagem; etnografia; formação de professores.

 


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo