Constituindo-se professora-pesquisadora na formação inicial: uma experiência com o ensino de língua inglesa para adolescentes

Cristiane Carvalho de Paula Brito, Walkiria Felix Dias

Resumo


Este artigo investiga a constituição de uma professora-pesquisadora de língua inglesa em formação inicial, a partir da discussão dos resultados de uma pesquisa cujo foco foi: (i) problematizar a elaboração de material didático de ensino de língua inglesa para adolescentes; e (ii) analisar os possíveis desdobramentos das práticas de linguagem no desenvolvimento linguístico-discursivo e crítico dos alunos. A produção dos materiais, bem como a investigação realizada, pautou-se em uma perspectiva enunciativo-discursiva de linguagem, em especial nas noções de dialogismo, enunciação e compreensão responsivo-ativa e nos estudos da Linguística Aplicada. A análise do material didático elaborado aponta que as atividades trabalhadas em sala pautaram-se em três principais concepções de língua(gem), a saber:  a) a língua como transparência; b) a língua como instrumento de comunicação; e c) a língua como tomada de posicionamento responsivo-responsável. Nesse sentido, a experiência, na formação inicial, de poder ocupar o lugar de professora e de pesquisadora parece ter propiciado deslocamentos discursivos que incidiram significativamente na prática pedagógica.

Palavras-chave: ensino de língua inglesa; formação de professor; material didático.

 


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo