Uso de música na formação de professores de língua inglesa: uma abordagem linguístico-computacional

Eduardo Batista da Silva

Resumo


A competência linguística constitui um elemento relevante no que se refere à formação de professores de língua inglesa. Como mais uma possibilidade de aprendizado/prática que pode ter impacto na referida competência, as músicas podem ser utilizadas como insumo pedagógico. Assim, o objetivo geral deste trabalho é demonstrar um sistema de classificação de letras de música em inglês para professores de língua inglesa em formação. O objetivo específico é analisar o perfil lexical das letras e também a presença/ausência de 20 estruturas gramaticais. A fundamentação teórica recorre à Lexicologia e à Linguística de Corpus. Com relação à metodologia, foi elaborado um corpus com as 3 mil músicas mais executadas entre 1980 e 2010. As letras foram processadas por três softwares, a saber: Vocabprofile, CLAWS e WordSmith Tools. Foram selecionadas 6 letras para a proposta de classificação. Os resultados relativos ao perfil lexical e às estruturas gramaticais demonstram que informações numéricas podem servir como parâmetro para o professor julgar uma música como sendo adequada para sua turma.

Palavras-chave: letras de música, perfil lexical, estrutura gramatical.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo