Identificação da unidade central de textos dissertativo-argumentativos em contexto de avaliação

Juliano Desiderato Antonio, Kátia Roseane Cortez dos Santos, Camila Cristiane Moreschi, Daniella Paes da Silva

Resumo


Este trabalho tem como objetivo investigar critérios para a identificação da unidade central de textos argumentativos em contexto de vestibular. Comparam-se os resultados de trabalho anterior sobre textos do gênero resposta argumentativa produzidos por candidatos ao vestibular com os resultados obtidos a partir da aplicação dos mesmos critérios a um córpus formado por textos dissertativo-argumentativos produzidos por candidatos do Enem. O aparato teórico-metodológico utilizado é a Rhetorical Structure Theory, teoria de caráter descritivo que visa estudar a organização textual por meio das relações implícitas que se estabelecem entre as partes do texto. Ao contrário do gênero resposta argumentativa, em que a unidade central ocorre em posição inicial na maioria dos textos, no texto dissertativo-argumentativo, a posição mais comum da unidade central é na porção que vai de 20% a 30% da extensão do texto. Essa diferença organizacional se deve ao fato de, no gênero resposta argumentativa, o produtor dever iniciar seu texto respondendo à pergunta que o motivou. No texto dissertativo-argumentativo, é necessária a criação de um fundo com informações que situem o destinatário do texto com relação à temática. Outro traço importante na busca de um padrão é a frequência de determinadas palavras utilizadas nas unidades centrais. Substantivos e adjetivos que compõem o comando da proposta de redação do texto dissertativo-argumentativo apresentam alta frequência, uma vez que os candidatos tendem a utilizar essas palavras como forma de garantir o atendimento do tema solicitado. O caráter mais subjetivo que a resposta pode assumir no gênero resposta argumentativa favorece a emergência de verbos evidenciais que expressam atitude proposicional (“acreditar”, “crer” e “pensar”), atuando como matriz da sentença na qual a resposta é dada. Nos textos dissertativo-argumentativos, o caráter mais objetivo da expressão do ponto de vista não favorece o uso de verbos desse tipo.

Palavras-chave: unidade central, texto dissertativo-argumentativo, gênero resposta argumentativa.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues

 

SCImago Journal & Country Rank