Construção de entendimentos na reunião pedagógica: posicionamentos e intersubjetividade em conarração

Célia Elisa Alves de Magalhães, Maria das Graças Dias Pereira

Resumo


Este estudo investiga a construção de entendimento durante a negociação de decisão em uma reunião pedagógica no contexto escolar. A pesquisa é de natureza qualitativa, fundamentada na construção da intersubjetividade segundo a Análise da Conversa Etnometodológica e a Análise da Narrativa, de cunho interacional e sequencial, em interface com a teoria de posicionamentos. As narrativas constituem a prática discursiva docente que emerge na interação como fala ‘no’ e ‘sobre’ o trabalho. Os dados, gerados por meio da gravação em áudio e transcritos mediante convenções da Análise da Conversa, são excertos de uma reunião entre professores de inglês, realizada em uma escola particular do Rio de Janeiro. A reunião tem como proposta a discussão sobre a padronização de notas em testes simulados de inglês para a indicação de alunos à realização de exames internacionais de proficiência na referida língua. No contexto pesquisado, os resultados indicam que os professores recorrem à narrativização de experiências da sua prática profissional para construir entendimentos e sustentar a intersubjetividade na interação. Os dados sugerem que a busca pela compreensão mútua na interação face a face aponta para a construção da intersubjetividade em dois níveis discursivos: a conarração interacional e as narrativas encaixadas.

Palavras-chave: reunião pedagógica, narrativa, posicionamentos, intersubjetividade.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues

 

SCImago Journal & Country Rank