As orações introduzidas pelo conector quando e seu papel na emergência de relações retóricas em reportagens

Gustavo Ximenes Cunha

Resumo


Este artigo apresenta um estudo das orações adverbiais introduzidas, em português, pelo conector quando presentes em reportagens. O objetivo é investigar a atuação dessas orações na emergência de relações retóricas. Com base nos postulados da Teoria da Estrutura Retórica (Rhetorical Structure Theory - RST), constatou-se que, em reportagens, a articulação de orações pelo quando é bastante complexa. Nesse gênero, a maior parte das orações adverbiais introduzidas por esse conector possibilita a emergência de mais de uma relação retórica. Assim, essas orações ajudam o jornalista a expressar que, do seu ponto de vista, os eventos representados se combinam de modo bastante complexo, raramente havendo entre eles apenas uma relação de natureza temporal, causal ou condicional. Na maior parte dos casos, os eventos expressos na oração adverbial e na oração nuclear estabelecem entre si diferentes relações retóricas sobrepostas.

Palavras-chave: conector quando, reportagens, Teoria da Estrutura Retórica (RST).


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo