Análise de alguns marcadores de controlo de contacto na linguagem da juventude de Madrid e de Buenos Aires

Juan Antonio Martinez López, Annette Jorgensen

Resumo


Tomando como base de análise as gravações de conversas espontâneas em linguagem de jovens realizadas no âmbito do projecto Corpus Oral del Lenguaje Adolescente (COLA), o presente trabalho, numa perspectiva da Pragmática variacional, pretende comparar a utilização que os jovens de Madrid e de Buenos Aires fazem de alguns marcadores conversacionais de controlo de contacto. Comparam-se os marcadores utilizados, aprofundam-se as funções dos mesmos e determina-se a frequência de cada um, assim como a sua proporção por cada mil palavras (pmp). Presta-se igualmente atenção à utilização que é feita destes marcadores em função do sexo do emissor e do receptor a quem este se dirige, bem como à posição que cada um dos marcadores analisados ocupa nos enunciados em que aparece. O resultado da análise destaca que a variação na lista dos marcadores não só é determinada ou infl uenciada pelas características do falante, mas também pelas dos interlocutores aos quais a mensagem se dirige.

Palavras-chave: Linguística de corpus, linguística contrastiva, linguagem dos jovens, vocativos, marcadores discursivos de controlo de contacto.


Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo