As relações de Avaliação e de Comentário (Rhetorical Structure Theory - RST): entre o fazer-crer e o fazer-saber

Juliana Alles de Camargo de Souza, Maria Eduarda Giering

Resumo


Este artigo analisa as relações de Avaliação e Comentário, de uso recorrente em textos dos corpora dos projetos Organização Retórica de Textos de Opinião (ORTO) e Organização Retórica de Textos de Divulgação Científi ca (ORTDC). O estudo se fundamenta nas ideias de Bernárdez (1995), que preconiza o texto como uma configuração estratégica, integrada à Rhetorical Structure Theory (RST) (Mann e Thompson, 1992), a qual oferece as relações retóricas que descrevem as opções do produtor (P) na elaboração textual. Por um lado, nos textos do gênero artigo de opinião autoral, a relação de Avaliação cumpre o fim de fazer-crer, constituindo um argumento ou atitude de julgamento que busca a adesão do leitor (L). Por outro, a relação de Comentário, nos artigos de divulgação científica midiática, indicam uma nota subjetiva que, dado seu caráter constativo (Charaudeau, 1992), orienta-se para o fazer-saber uma pesquisa realizada. Essa organização estratégica possibilita confi rmar que o texto é um sistema estrutural cujas partes e princípios de organização podem ser descritos como elementos articulados de um todo. Disso, é possível concluir que determinadas unidades informativas relacionais funcionam como parte de um quadro de prototipicidade, orientadas para um fim discursivo de um dado gênero.

Palavras-chave: estratégia, artigo de opinião autoral, artigo de divulgação científi ca midiática, Avaliação, Comentário.

Texto completo: PDF



ISSN: 2177-6202 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022 -000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues


 

SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo