FUNCIONALIDADE E MOBILIÁRIO DA HABITAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES PARA O PROJETO DE MORADIAS SOCIAIS

Louise Logsdon, Márcio Minto Fabricio, Dayanna de Mello Sousa, Yasmin Gopfert Padilha

Resumo


Estudos demonstram que a falta de funcionalidade é um problema latente nos projetos antigos e recentes de habitação de interesse social (HIS). A busca desenfreada pela redução do custo da moradia tem refletido na baixa qualidade espacial das moradias, vislumbrada na dificuldade de mobiliar e circular nos ambientes. A literatura discute, no entanto, quais são os atributos necessários para a garantia da funcionalidade no projeto de moradias. São aspectos ligados ao programa, à compartimentação da moradia, às suas áreas e dimensões mínimas e, sobretudo, à relação do mobiliário mínimo necessário para a realização das atividades domésticas, bem como à área necessária para o seu uso e para a circulação nos espaços da moradia. Sendo assim, para que sejam elaborados projetos de habitação funcionais, é necessário que seja conhecido o conjunto de móveis e equipamentos necessários para o desempenho das diversas atividades domésticas, suas características dimensionais e de uso. E é este o objetivo central do trabalho: verificar no comércio popular quais são as dimensões do mobiliário mínimo da habitação e, com esses dados, elaborar uma família de objetos paramétricos para Modelagem da Informação da Construção (em inglês, Building Information Modeling [BIM]), composta por todos os itens do mobiliário básico necessário em uma moradia. A pesquisa é de caráter prático, natureza aplicada e orientada à prescrição, e foi sistematizada em três etapas principais: (1) entendimento do tema; (2) coleta de dados; (3) construção de família BIM de mobiliário padrão popular. Como resultado, incialmente, é apresentada uma análise comparativa entre as dimensões do mobiliário encontrado no comércio com o que é indicado na literatura especializada. Posteriormente, esse mobiliário é disponibilzado para download, em forma de arquivos de famílias compatíveis com o Autodesk Revit. Por fim, a aplicabilidade desse material é ilustrada em uma análise de projeto. Sendo assim, a pesquisa afirma sua relevância ao disponibilizar à comunidade acadêmica, projetistas e demais interessados um material que é de grande utilidade para uma melhor prática de projeto, em especial aos de HIS.

Palavras-chave: Qualidade habitacional, projeto habitacional, funcionalidade.

 




Texto completo: PDF



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo