A VIGA VIERENDEEL: PASSADO E PRESENTE DE UMA TIPOLOGIA INOVADORA

Josep Maria Pons-Poblet

Resumo


No final do século XIX, o engenheiro belga Jules Arthur Vierendeel registou a patente de um novo tipo de viga. Isto seria mais tarde mais conhecido como a armação de Vierendeel. Caracteriza-se pela falta de elementos diagonais do quadro, algo que pareceria contradizer as condições de estabilidade e equilíbrio, juntamente com a sua notável deformação e difícil cálculo, fez com que os técnicos de sua época fossem céticos quanto à sua aplicabilidade. No entanto, sua aplicação cresceu em popularidade durante o século XX, sendo utilizada tanto na engenharia civil quanto na arquitetura. Quais são as vantagens da treliça de Vierendeel em relação a outros tipos, como as treliças diagonais? Neste artigo, a tipologia Vierendeel será introduzida juntamente com suas principais características, seu cálculo e sua implementação em obras de engenharia civil e arquitetura.

Palavras-chave: Vierendeel, Pratt, estruturas estatiscamente indeterminadas.

 


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo