Nova História e Arquitetura Vernácula: diálogos

Maria Letícia Silva Ticle, Marco Antônio Penido Rezende

Resumo


O presente artigo trata de duas áreas do conhecimento acadêmico e, acima de tudo, humano – História e Arquitetura. É uma proposta inicial de cotejamento entre a Nova História e a Arquitetura Vernácula, movimentos que vêm se firmando em seus respectivos campos do saber desde, aproximadamente, a década de 1970. São tratadas a ampliação da perspectiva de análise em ambas e suas aproximações conceituais pelos objetos que tratam: o cotidiano, a vida do cidadão comum. A proposta é de complementaridade e contribuição a partir da apropriação de uma pela outra. Apesar de reconhecidamente interdisciplinares, ainda podem parecer distantes a muitos pesquisadores e estudiosos. O artigo utiliza como base teórica e conceitual escritos de diversos autores, mas sua análise central se aporta em obras de Peter Burke e Thomas Carter e Elizabeth Cromley, respectivamente da História e da Arquitetura.

Palavras-chave: Nova História, Arquitetura Vernácula, interdisciplinaridade.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo