Os espaços públicos centrais como unidades de preservação do patrimônio. Estudo de caso de Barra Mansa, no Rio de Janeiro

Helena Vilela Santos, Maria Cristina da Silva Schicchi

Resumo


Este estudo tem como objetivo a análise das transformações dos espaços públicos centrais da cidade de Barra Mansa, Rio de Janeiro. Privilegia-se a discussão das políticas de preservação existentes no Brasil, a construção de uma base teórica sobre preservação de espaços públicos e conjuntos e o estudo da história e das características do uso e ocupação do entorno, para então diagnosticar o conjunto e sua relação com a cidade. Como resultado pretende-se construir parâmetros que possam contribuir para a preservação dessas áreas, evidenciando, em particular, o valor patrimonial dos espaços públicos.

Palavras-chave: espaços públicos, gestão patrimonial, Barra Mansa.


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues

SCImago Journal & Country Rank