Transformações dominoicas: origem, trajetória e atualidade da estrutura típica da arquitetura moderna

Carlos Fernando Bahima

Resumo


Este artigo busca demonstrar a ampla trajetória percorrida pelo esquema típico da arquitetura moderna: a representação da ideia essencial entre carga e apoio – expressa na absoluta abstração geométrica dos planos horizontais contrapostos à grelha de suportes verticais. Enquanto um sistema arquitetônico, que inclui, além dos elementos estruturais, os planos verticais dos fechamentos, esse verdadeiro diagrama, ao longo de décadas, vem materializando soluções de vários dilemas entre representação arquitetônica e necessidades práticas da construção. Nesse artigo, são discutidos os marcos cruciais das diversas transformações ocorridas sobre o sistema Dom-ino, representadas pelos conflitos entre a representação arquitetônica e a construção, desde a sua origem até a contemporaneidade. Nesta perspectiva de rupturas e continuidades formais, as recentes arquiteturas de exceção ocorridas na última década são reveladoras da constante revisão e ampliação dos limites do sistema, atestando a sua vitalidade e atualidade.

Palavras-chave: arquitetura moderna, estrutura tipo Dom-ino, planta livre.

 


Texto completo: PDF



ISSN: 1808-5741 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional [atualizado em abril/2016]

Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP 93022-750, São Leopoldo, RS. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122 R: 3219

Os croquis utilizados no banner (da esquerda para a direta): Pavilhão do Brasil na Expo 70 (Osaka, Japão) e Museu Brasileiro da Escultura (MuBE) do arquiteto Paulo Mendes da Rocha©.

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo