Risco da diversidade linguística aplicado ao contrato de trabalho: um problema para os trabalhadores imigrantes

Luciane Cardoso Barzotto, Leonardo Stocker Pereira da Cunha

Resumo


O presente artigo tem por escopo analisar o risco do equívoco quando pessoas que falam línguas diferentes estabelecem entre si negócios jurídicos, em especial contrato de trabalho. Na primeira parte do artigo, será apresentado caso envolvendo o risco linguístico, julgado no Tribunal Federal do Trabalho Alemão. Analisar-se-á, na segunda parte, o conceito com base no Direito Comparado, para, ao final, trazê-lo ao Direito brasileiro.


Texto completo:

PDF

Referências


ALDERMAN, L. 2017. Europe´s Thirst for Cheap Labor Fuels a Boom in Disposable Workers. The New York Times, Nova Iorque, 11 dez. Disponível em: . Acesso em: 5 jan. 2018.

ALEMANHA. 2012. Tribunal Federal do Trabalho (Bundesarbeitsgericht). Decisão 5 AZR 252/12. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2018.

BRASIL. 2002. Código Civil. Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Disponível em: . Acesso em: 29 jan. 2018.

BRASIL. 2017. Lei de Migração. Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017. Disponível em: .Acesso em: 5 ago. 2018.

BRASIL. 1943. Consolidação das Leis do Trabalho. Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2018.

BRASIL. 1988. Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: . Acesso em: 29 jan. 2018.

DELGADO, M. G. 2013. Princípios de direito individual e coletivo do trabalho. São Paulo, LTr.

FRADERA, V. M. J. de. 1999. Langue et Droit au MERCOSUR. In: E. Jayme (coord.), Langue et Droit. XVe Congrès International de Droit Comparé. Bristol. Collection des Rapports. Bruxelles, Bruylant.

GOVERNO BRASILEIRO. 2016. Número de trabalhadores imigrantes no país cresceu 131%. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2018.

FRANÇA. 1975. Lei nº 75-1349, de 31 de dezembro de 1975. Disponível em: Acesso em: 30 jan. 2018.

JAYME, E. 1978. O Risco da Diversidade Linguística e o Direito Internacional Privado. Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, v. 4, 1978.

OIT. 2016. Promover una migración equitativa: Conferencia Internacional del Trabajo, 105.ª reunión. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2018.

RODRIGUEZ, A. P. 2015. Princípios de Direito do Trabalho. São Paulo, LTr.

SILVA, J. C. F. da. 2002. A Boa-fé e a Violação Positiva do Contrato. Rio de Janeiro, Renovar.

SUPIOT, A. 2016. Crítica do Direito do Trabalho. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian.

TABI TABI, G. 2014. Ajustement nécessaire du volontarisme contractuel : du volontarisme au solidarisme? Revue de Droit de l'Universite de Sherbrooke, 44(1):71-125.




DOI: https://doi.org/10.4013/rechtd.v12i3.21528



ISSN: 2175-2168 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues

 
 
 
 
 
 
   

 

SCImago Journal & Country RankCrossref Member Badge Crossref Similarity Check logo