Tópica, argumentação e Direito dogmaticamente organizado

João Maurício Leitão Adeodato

Resumo


O artigo tem por objetivo esclarecer as origens da teoria da argumentação e demonstrar que não se pode falar em uma argumentação “correta” e outra “equivocada”, pois o conceito varia muito ao longo de sua história. Para isso discute sua relação original com o conceito de tópica, cujo sentido aristotélico não é de modo algum único, e, além de ter uma história mais antiga, estende-se até hoje na argumentação jurídica contemporânea. Conclui com exemplos de argumentos mais significativos para a área do direito.

Palavras-chave: argumentação, tópica e teoria do direito, silogismos.


Texto completo: PDF



ISSN: 2175-2168 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo