A política climática dos EUA: Obama, Trump e o futuro

Daniel Farber

Resumo


Desde que assumiu o cargo, o Presidente Trump trabalhou arduamente para desfazer as iniciativas climáticas do Presidente Obama. Trump anunciou a intenção de se retirar do Acordo de Paris, e seus nomeados na Agência de Proteção Ambiental iniciaram procedimentos para desfazer importantes regulamentações relacionadas ao clima. Em cada ponto, as políticas de Trump encontraram resistência de governos estaduais e locais, tribunais e grandes empresas. Em particular, os governos de muitos Estados, como a Califórnia, aumentaram seus compromissos para lidar com as mudanças climáticas. Até mesmo a atual maioria republicana em ambas as Casas do Congresso, que geralmente tem sido fiel a Trump, mostrou alguns flashes significativos de independência. Os tribunais mostraram-se dispostos a agir bastante. Em suma, Trump já prejudicou os esforços climáticos dos EUA e continuará a fazê-lo, mas os EUA continuarão, não obstante isso, a progredir em algumas áreas.

Palavras-chave: direito ambiental, políticas climáticas, Acordo de Paris.


Texto completo: PDF (English)



ISSN: 2175-2168 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues



SCImago Journal & Country Rank Crossref Member Badge Crossref Similarity Check logo