Luhmann sob o olhar de Horkheimer: explorando a crítica latente na teoria dos sistemas autopoiéticos aplicada ao Direito

Germano André Doederlin Schwartz, Jorge Alberto de Macedo Acosta Junior

Resumo


O presente texto pretende trazer reflexões acerca da emergência de orientar a Teoria dos Sistemas Autopoiéticos em favor da Teoria Crítica. Niklas Luhmann foi responsável por uma mudança paradigmática para a sociologia, acrescentando bases conceituais para comparação e observação empírica, principalmente no sistema jurídico. Sem pretensões políticas, sua criação teórica não se direciona ao capitalismo, o que o próprio Luhmann considera um “inimigo autoelegido”. Por outro lado, Max Horkheimer, ao assumir a direção da Escola de Frankfurt, elabora premissas científicas para explorar a teoria tradicional em favor da teoria crítica. Atualmente, diversos autores desenvolvem e aplicam a teoria dos sistemas sociais autopoiéticos a partir de uma perspectiva crítica, no intuito de compreender a complexidade social imposta pelo arranjo sistêmico capitalista e os limites e as possibilidades de emancipação por meio do Direito.

Palavras-chave: Teoria dos Sistemas Sociais, teoria crítica, sociologia do Direito, capitalismo, emancipação.


Texto completo: PDF



ISSN: 2175-2168 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues