O sistema político como institucionalização das expectativas

Raúl Zamorano Farías

Resumo


Neste trabalho, observam-se e analisam-se formas nas quais as expectativas são institucionalizadas e operacionalizadas nos sistemas da sociedade moderna que são diferenciados funcionalmente. Constatamos que, nas modernidades periféricas – diferentemente das sociedades centrais –, utilizam-se formas de operação, as quais obedecem a outro tipo de diferenciação, criando obstáculos, corrompendo e anulando os códigos formais (legal/não legal: direito; governo/oposição: política) e respondendo mais a uma lógica de ordens segmentária ou estratificada que às operações de um sistema funcional e operativamente diferenciado.

Palavras-chave: Institucionalização, expectativas cognitivas e normativas, sociedade periférica, sistema da política.

Texto completo: PDF



ISSN: 2175-2168 - Melhor visualizado no Mozilla Firefox

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0

São Leopoldo, RS. Av. Unisinos, 950. Bairro Cristo Rei, CEP: 93.022-000. Atendimento Unisinos +55 (51) 3591 1122

Projeto gráfico: Jully Rodrigues